Como calcular fertilizantes de nitrogênio para VRA_Cover_Blog OneSoil

Como calcular fertilizantes nitrogenados para a aplicação em taxa variável

Tempo de leitura — 7 minutos
Descubra por que as plantas precisam de nitrogênio, por que ele deve ser aplicado por zonas de manejo baseadas no NDVI e como criar um mapa de prescrição no aplicativo Web OneSoil.
Philip Kondratenko_OneSoil Agronomist
Usevalad Henin
Usevalad é especialista em SIG e química agrícola. Ele trabalha no desenvolvimento de ferramentas da agricultura de precisão desde 2013. Ele também é o cofundador da OneSoil.
O nitrogênio é essencial para o crescimento e desenvolvimento das plantas e ajuda a aumentar significativamente o rendimento. Ele é considerado um nutriente móvel. Isso significa que sua quantidade no solo muda constantemente em diferentes áreas do campo. Os agricultores usam a aplicação em taxa variável para combater o excesso ou a deficiência de nitrogênio, aumentar o rendimento ou economizar no fertilizante usado. Na aplicação em taxa variável, são aplicadas diferentes taxas de fertilizante em cada parte do campo.

Siga a leitura para aprender a calcular as taxas de nitrogênio e a criar um mapa de prescrição para aplicação em taxa variável.

Ou, se preferir, assista ao nosso webinar (em inglês) sobre como usar a tecnologia em taxa variável com o aplicativo OneSoil.
O nitrogênio é essencial para o crescimento e desenvolvimento das plantas e ajuda a aumentar significativamente o rendimento. Ele é considerado um nutriente móvel. Isso significa que sua quantidade no solo muda constantemente em diferentes áreas do campo. Os agricultores usam a aplicação em taxa variável para combater o excesso ou a deficiência de nitrogênio, aumentar o rendimento ou economizar no fertilizante usado. Na aplicação em taxa variável, são aplicadas diferentes taxas de fertilizante em cada parte do campo.

Siga a leitura para aprender a calcular as taxas de nitrogênio e a criar um mapa de prescrição para aplicação em taxa variável.

Ou, se preferir, assista ao nosso webinar (em inglês) sobre como usar a tecnologia em taxa variável com o aplicativo OneSoil.
Usevalad Henin
Usevalad é especialista em SIG e química agrícola. Ele trabalha no desenvolvimento de ferramentas da agricultura de precisão desde 2013. Ele também é o cofundador da OneSoil.
Receba todos os novos artigos diretamente na sua caixa de entrada!

Por que as plantas precisam de nitrogênio

O nitrogênio é um dos nutrientes mais importantes para o crescimento e desenvolvimento das plantas. Ele desempenha um papel importante na fotossíntese, na formação de células e na nutrição dessas células. Ele está presente no húmus, que é o componente orgânico do solo, mas a maioria das plantas não consegue absorvê-lo diretamente. Além disso, ele é disponibilizado às plantas quando o húmus é decomposto, em um processo chamado mineralização.

Os fertilizantes nitrogenados são aplicados no solo para controlar o desenvolvimento das plantações. Se, por um lado, a deficiência de nitrogênio pode levar a uma queda de rendimento, seu excesso se acumula nas plantas e passa do solo para as águas subterrâneas, o que é prejudicial às pessoas e ao meio ambiente.

Tipos de fertilizantes nitrogenados

Há dois tipos de fertilizantes: orgânicos e minerais. Um exemplo de fertilizante orgânico é o esterco animal, que tem uma pequena quantidade de nitrogênio: de 0,5% a 2,5%.

O nível de teor de nitrogênio em fertilizantes minerais é muito mais alto. Por exemplo, há de 34% a 35% de nitrogênio no nitrato de amônio, 46% na ureia e 20% no sulfato de amônio. A tecnologia de taxa variável é usada com mais frequência na aplicação de fertilizantes minerais. Devido à alta concentração de nitrogênio, esses fertilizantes podem acidificar o solo.

Quando aplicar fertilizantes nitrogenados

O nitrogênio é aplicado antes da semeadura ou imediatamente após. Para algumas culturas, como a de colza ou do milho, o fertilizante é aplicado de 1 a 4 vezes mais após a adubação de pré-plantio.

Os fertilizantes podem ser aplicados no solo ou simplesmente espalhados na superfície. O método de aplicação depende do tipo de fertilizante usado (grânulos, líquido ou pó).

Como conduzir a aplicação de nitrogênio em taxa variável

Ao iniciar a aplicação em taxa variável, é importante definir as zonas em que o fertilizante necessário é praticamente o mesmo e calcular as taxas para cada uma delas.

No OneSoil, desenvolvemos uma ferramenta gratuita para a aplicação de fertilizantes em taxa variável e sugerimos a aplicação de nitrogênio por zonas de manejo baseadas no NDVI. Essas zonas são geradas com base em imagens de satélite. Elas refletem a condição das plantas no momento em que a imagem é capturada. As zonas de manejo baseadas no NDVI são a maneira mais fácil e rápida de entender a quantidade de nitrogênio de que as plantas precisam, antes de aplicar o fertilizante.
Calculadora de nitrogênio no OneSoil web app_OneSoil Blog
Essa é a aparência da ferramenta de nitrogênio em taxa variável no aplicativo Web OneSoil.
Como usar a ferramenta de nitrogênio em taxa variável do OneSoil
1
Registre-se no aplicativo Web OneSoil. É totalmente grátis.
2
Abra a seção "Fertilizantes" e clique na guia "Nitrogênio". O aplicativo gerará três zonas no campo com índice NDVI alto, moderado e baixo, usando a imagem de satélite mais recente.
3
Insira uma taxa de nitrogênio para cada uma dessas zonas. Em apenas alguns segundos, o aplicativo criará automaticamente um arquivo de prescrição para o computador de bordo.
4
Baixe o arquivo de prescrição no seu formato preferido.
Pronto! Agora basta carregar o arquivo em um pen drive, transferi-lo para o computador do trator e ir para o campo.

Como calcular as taxas de nitrogênio para aplicação em taxa variável

A regra de ouro. Ao calcular as taxas variáveis de fertilizantes, é importante observar o potencial das diferentes zonas e conhecer as recomendações gerais de fertilizantes para determinadas culturas. O que isso significa? Digamos que você esteja aplicando fertilizantes em um campo de colza. Pegue a taxa de nitrogênio padrão da fazenda para a colza e crie um mapa de zonas de manejo no nosso aplicativo. Em algumas zonas, aumente a taxa padrão da fazenda em 25% a 30% e diminua a de outras zonas em 25% a 30%.

Experimento de campo. A forma como as diferentes zonas de NDVI reagem aos fertilizantes depende do tipo de solo e das condições climáticas. É por isso que um experimento de campo é uma maneira perfeita de descobrir em quais zonas você deve aumentar a taxa e em quais deve diminuí-la.

Inspeção do campo. Bem, esse método não é perfeito. Você deve ir até o campo e medir a umidade do solo e o teor de nitrogênio do solo e das folhas em diferentes zonas de manejo. Depois, você usa os dados obtidos para escolher a melhor estratégia de fertilização.

Aplique mais nitrogênio em zonas de baixo índice NDVI se essas áreas apresentarem um alto nível de umidade e um baixo teor de nitrogênio no solo e nas folhas. Aplique menos nitrogênio se o nível de umidade for baixo e o teor de nitrogênio for alto. Nesse último caso, o nitrogênio não limita o rendimento; o problema é a falta de umidade.

Você também deve ter cuidado com zonas de alto índice NDVI. Se decidir aumentar a taxa nessas zonas, é importante verificar a condição das plantas e cuidar dos reguladores de crescimento delas.

Há algum resultado de experimento que comprove isso?

Com certeza! Temos conduzido experimentos de campo com a aplicação de fertilizante em taxa variável desde 2011. Veja alguns experimentos em que testamos diferentes métodos de cálculo da taxa de nitrogênio e em que provamos que a aplicação de nitrogênio em taxa variável é eficiente.
Crie um mapa de prescrição para a aplicação de nitrogênio
Artigos relacionados
Usevalad Henin
Caso queira conversar sobre esse artigo e compartilhar sua experiência, entre na nossa comunidade do Telegram ou WhatsApp!
Pessoas, campos e tecnologia
Receba todos os novos artigos diretamente na sua caixa de entrada! Você pode ler até mesmo enquanto estiver em campo.